Inspirado na Nova História (de Jacques Le Goff) “Prima Luce” pretende esclarecer a arquitectura antiga, tradicional e temas afins - desenho, design, património: Síntese pluritemática a incluir o quotidiano, o que foi uma Iconoteologia
06
Jun 11
publicado por primaluce, às 14:00link do post | comentar

Já foram muitos os posts dedicados  a este tema, mas hoje, e sem mais*, deixamos o link de uma entrevista realizada há uma semana pela Rádio Renascença, a alguém cujo trabalho não teríamos conhecido (ou pelo menos tão cedo), se não fosse o Prémio que o Vaticano lhe concedeu.

Um trabalho que constitui uma interessante novidade, e onde se percebe, exactamente como nos aconteceu, que o facto de se dominarem vários conhecimentos - ditos «de Ciências e de Letras» em simultâneo - isso constitui, logo à partida, uma importantíssima base científica. Pois a mesma permite ao investigador uma postura transversal: mais rica, e proporcionando uma melhor compreensão, e a reconstituição, daquilo que foi o passado.

Pode-se dizer que ela permite «o atravessar» dos limites de uma série de Ciências (e respectivos conhecimentos), que têm sido espartilhadas e compartimentadas. Quando, pelo contrário, deveriam ser vistas de modos muito mais inteiros: o Homem e a sua história, pode estudar-se de diferentes ângulos e perspectivas, mas os seus comportamentos continuam sempre a ser mais amplos, e maiores, do que as inúmeras divisões criadas, e de como o quiseram "analisar" e retratar.       

Ouvir entrevista de Luís Esteves Casimiro em "A Terra Prometida"

sábado dia 28 de Maio, às 23h 30m.

http://rr.sapo.pt/programas_detalhe.aspx?fid=26&did=158105

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

*Este «sem mais» é muito relativo, já que no nosso trabalho dedicado ao Palácio de Monserrate (ver nas pp. 36 a 45) mostramos que a representação do Espírito Santo nem sempre se fez por uma Pomba, ou pelas Línguas de Fogo, mas pela Geometria: a base de uma linguagem visual, que alguns (mas são raros) entendem muitíssimo bem. Este ano, numa tentativa de ganhar tempo que falta às aulas, recorremos com frequência ao trabalho de Luís Veiga da Cunha, autor que refere - logo nas primeiras páginas do seu trabalho dedicado ao Desenho Técnico (ver op. cit., p. 24) - a importância da Geometria como base, ou a gramática, das «línguas» que se expressam visual e iconologicamente.


mais sobre mim
Setembro 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

13
14
15
16
17
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


arquivos
pesquisar neste blog
 
tags

todas as tags

blogs SAPO