Inspirado na Nova História (de Jacques Le Goff) “Prima Luce” pretende esclarecer a arquitectura antiga, tradicional e temas afins - desenho, design, património: Síntese pluritemática a incluir o quotidiano, o que foi uma Iconoteologia
25
Set 22
publicado por primaluce, às 18:00link do post | comentar

É mesmo pergunta, e esta ainda continua:

 

Sim, seria ou não impensável que (considerado hoje), a formação de um arquitecto se tivesse feito sem nenhum contacto, importante, com a tratadística da arquitectura 

É que foi o que nos aconteceu...

Portanto, e embora possa parecer tardio, tornou-se fascinante ler e encontrar, agora (mais vale tarde do que nunca!) informações sobre o que algumas vezes estudámos e interpretámos por nós próprios:

Isto é, feitos autodidactas, e sem sabermos sequer, que já alguém alguma vez tinha escrito, expressamente, o que nós fomos lendo directamente nas obras. Fossem elas anónimas, ou de autores conhecidos.

Em leituras que, por vezes foram muito imediatistas - o que logo nos passou pela cabeça e (de imediato) assumimos - principalmente quando se tornou notória a constância, e a insistência, de algumas dessas formas; a que, por exemplo, nunca tínhamos dado valor ou sentido significante, como é o caso do Rombo ou Losango [1]

1ºLivroSerlio-figsGeométricas(2).jpg

De qualquer maneira, e voltando ainda a essa suposta falha na formação, que parecerá relevante, para nós é um facto/são factos não-problemáticos, na vida dos arquitectos de algumas gerações, incluindo a nossa [2].  

Já que, é sabido, estuda-se a base, para depois a partir dela evoluir. Evolução que no nosso caso veio a acontecer em estudos pós-graduados. Concretamente, quando já havia muito «caminho» percorrido, e também muitos questionamentos, nem sempre respondidos; com as dúvidas a sobrarem e a ficarem a pairar no ar…

Assim, pelo exemplo de hoje, conhecer com alguma (maior) atenção Sebastiano Serlioum bolonhês que foi um dos muitos precursores de que a História - neste caso a da Arquitectura está cheia -, traz-nos algumas vantagens.   

Segundo se pode ler em Teoria da arquitectura do Renascimento aos nossos dias (Taschen, Köln 2003, pp. 76-85)

As ilustrações tomam doravante tanta importância como o texto (…) Nunca antes de Serlio a representação da obra arquitectónica tinha sido utilizada de maneira tão concreta como modo informativo. Estavam portanto dados os primeiros passos para os tratados posteriores…“

Por fim, resta dizer que é o extracto de uma perspectiva sua que vai passar a estar na nossa página FB

1ºLivroSerlio-figsGeométricas-11.jpg 

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

[1] Ver o que se escreveu em Monserrate uma Nova História a propósito do losango. É que verificámos há dias, o que consta desde o século XVI, concretamente registado por S. Serlio. Em breve vamos analisar, com mais cuidado, o que está na imagem de cima, e na respectiva legenda, vinda de um dos seus livros. E a propósito de um dos livros de Sebastiano Serlio, lembramos que já se escreveu sobre o Vº Livro: aqui

[2] Métodos que podem inclusivamente, tê-los libertado do peso da História, permitindo desenvolver a curiosidade, e encontrar caminhos novos, nunca antes preconizados pelas metodologias mais antigas (ou do que até agora se sabe dessas metodologias!). A fazer lembrar o que escreveu Mark Gelernter em Sources of Architectural form (p. 266, e seguintes), quando descreve o que intitula como “Jean Piaget’s auto-regulating model of the mind”. Mas neste caso, todo este tema a precisar ser remetido (urgentemente) para o ensino/aprendizagem da Arquitectura. Coisa que à História da Arte - e aos seus agentes que são os historiadores - pouco ou nada interessa; como nós sabemos. Já que, uns são detentores de um certo tipo de informação, e outros de outro tipo. E nenhuns – dos que integram qualquer um desses grupos – se preocupam com a importância (que é enorme!), que haveria em poder cruzar as respectivas informações e os conhecimentos que detêm… Lamentável, mas é o que há, no nosso ensino superior


mais sobre mim
Setembro 2022
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
14
16
17

18
19
20
21
22
23
24

26
27
28
29
30


arquivos
pesquisar neste blog
 
tags

todas as tags

blogs SAPO