Inspirado na Nova História (de Jacques Le Goff) “Prima Luce” pretende esclarecer a arquitectura antiga, tradicional e temas afins - desenho, design, património: Síntese pluritemática a incluir o quotidiano, o que foi uma Iconoteologia
10
Dez 18
publicado por primaluce, às 12:00link do post | comentar

... e divertida!

 

Para quem sempre enfrentou a vida, com um sentido, máximo, de rigor e de verdade!

Para quem sempre se pautou pela coerência, para, quiçá, não deixar de valorizar uma das Lampâdas de John Ruskin, que devia ser a honestidade...

Mas eram outros tempos, em que aos materiais das construções também se associavam conceitos de verdade e honestidade...

Tempos em que a Arquitectura, ou melhor, o EDIFICAR, era também um tropo moral, e que estava portanto repleto de associações (morais), como o adjectivo EDIFICANTE ainda hoje diz...

Para quem durante mais de 25 anos ensinou Tecnologia de Materiais, Conforto de Ambientes (Luminotecnia, Acústica, Conforto Térmico); e ensinou Projectos durante 35-39 anos...

Para quem o rigor era peça essencial da Arquitectura, pois mais do que os desenhos no estirador (bonitos ou nem por isso...), havia que conseguir comunicar aos executantes o que se pretendia. Com objectividade óbvia, máxima, e não passível de interpretações...

Por isto tudo, hoje, Thanks God, poder virar e perverter muitas dessas regras, é um verdadeiro prazer. Poder, não mais desenhar traços paralelos afastados 3,5mm, 2,5 ou 1,5 conforme viessem a ser as espessuras das paredes...

Mas claro, sem deixar de ter a grelha de referências do passado, só que a «trabalhá-las» de um modo soft. Porque sim, e mais nada! Porque dá gozo...!

Não há melhor.

E assim surgem as imagens de hoje.

Angelogia-3.jpgDe um tempo em que ensinar é como quero, e em que os conteúdos se viram para a essência daquilo que a Arte sempre foi, e..., talvez ainda seja? Que seja um transmitir de, ora de simples palavras, ora de ideias mais complexas.

E como método, escolhendo primeiro a temática, i. e., o thema dos gregos. E porque apetece, agora estamos numa de Anjos, sobretudo visando a Angelogia* - hebraica, e do sírio que ficou para a história conhecido como Pseudo Dioníso Areopagita.

Depois, fazendo esse tema passar pelo crivo da representação. O qual sabemos, pode ser exigente ou de resultados bastante aleatórios, como os nossos desenhos mostram.

Ou, ainda como os meios mecânicos da actualidade permitem levar ainda mais longe tal «sorte» mesmo muito aleatória...

e de outra cor-a.jpg

Depois o gostar é sempre o projectar para as obras, do que cada um vê. Ou, melhor dizendo, daquilo que tem em mente...

Um gostar que fez também com que Umberto Eco - alguém que percebeu bem o fenómeno da leitura e de uma espécie de exegese que todos fazemos sobre essas obras - tivesse escrito A Obra Aberta.

E para quem faz, desenhando sem tempo, mal e imperfeito; ou sabendo de algumas limitações inultrapassáveis - concretamente do gap que vai daquilo que vê, àquilo que tem habilidade para desenhar; então, nada como usar outros recursos, «transformadores», e todas as técnicas mistas - disponíveis.

É só querer..., e depois claro, o fazer com prazer, como é típico da atitude experimentalista

Angelogia-14e.jpg

Mas este caso, em particular, ele torna-se mnemotécnico:

Lembrando-nos a designação (mas só isso) de um dos últimos serviços docentes que nos atribuíram. Mesmo sem experiência ou vocação, e que se chamava Desenho Laboratorial.

E em que o laboratorial era, não mais do que um «adjectivo da moda»:

Mero "just pretending". Porque nunca lá estava, ou sequer esteve algo parecido com laboratório.  Como aliás faz parte do mundo de hoje: não fazer mas fingir que se faz.

E assim sendo, pelo menos estas nossas experiencias vêem-se.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

*Numa abordagem que não nos posiciona sobre a existência dos anjos, mas apenas perante aquilo que se convencionou ser a sua representação


mais sobre mim
Dezembro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
14
15

17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28

30
31


arquivos
pesquisar neste blog
 
tags

todas as tags

blogs SAPO