Inspirado na Nova História (de Jacques Le Goff) “Prima Luce” pretende esclarecer a arquitectura antiga, tradicional e temas afins - desenho, design, património: Síntese pluritemática a incluir o quotidiano, o que foi uma Iconoteologia
22
Out 22
publicado por primaluce, às 13:30link do post | comentar

Imagens com Losangos (a ler aqui)

 

Sabemos, é impossível esquecê-lo, como a imagem da mandorla/mandala, que ficou no texto (a única nessa situação), no livro que dedicámos a Monserrate, foi uma imensa fonte de informações.

E ainda sabemos mais  - já de há uns anos, mas depois de 2004 (data em que escrevemos essa tese) que o autor desta informação, James Curl, também tinha escrito antes, e por isso tendo recebido um prémio em 1992, este outro livro, cujo título e respectivas referências estão já a seguir:

The Art and Architecture of Freemasonry. An Introductory Study (London: B T Batsford, 1991). Winner of the RIBA Sir Banister Fletcher Award for Best Book of the Year on Architecture, 1992. ISBN 0-7134-5827-5

Ou seja, a imagem que nos foi utilíssima, e da qual lemos/extraímos o máximo que, eventualmente se pode ler; talvez James Curl a tenha obtido (ou a tenha conseguido?) no contexto das suas investigações dedicadas ao estudo da Maçonaria. Ao certo não sabemos, mas é uma hipótese...

Depois, também se fica a saber que este autor voltou ao tema da maçonaria, desenvolvendo-o, com este novo trabalho:

Freemasonry & the Enlightenment: Architecture, Symbols, & Influences (London: Historical Publications, 2011) ISBN 978-1-905286-45-4

JamesCurl-Freemasonry-2.jpg

(imagem vinda de http://www.jamesstevenscurl.com/freemasonry-and-the-enlightenment-architecture-symbols-and-influ)

Não lemos nem um nem outro, embora haja alguma curiosidade (sendo que alguma não é imensa!)

Depois, porque esses livros não estão facilmente acessíveis [1], consideramos simplesmente, quão útil foi o acesso que já se teve, logo em 2002, ao seu  fantástico Oxford Dictionary of Architecture, de 2000. Onde encontrámos a imagem seguinte, e essa, por si só, é (foi para nós) muitíssimo falante.

Isto é, fornecedora de uma série de outras formas: schemata (?) - ler o que escreveu Raymond Bayer em História da Estética, sobre os kala schemata. Formas, ou figuras, que, de igual modo, funcionaram como ideogramas ou vocábulos visuais. Apesar do termo «vocábulo» não ser o mais adequado (visto não haver voz, e o sentido significante ser proveniente das imagens que se formam na mente...)

Mandorla-Curl.jpg

De qualquer forma, sendo a nossa curiosidade sempre imensa, em torno desta temática, e porque «de borla» se podem conseguir obter informações anteriores às de James Curl, como inclusivamente são as imagens seguintes, em breve, alguma continuação a dar ao assunto, far-se-á com base em bibliografia do século XVI de Sebastiano Serlio (ou ainda, e se possivel, de Leonardo Da Vinci).

Mandorla-deL.DaVinci-0.jpg

Acima imagem que é, aparentemente, da autoria de Leonardo da Vinci (obtida algures Internet?)

Idem, imagem da Internet, de Joaquim de Flora (e de que já se escreveu várias vezes, como aqui se pode ver, relativamente a circulos, e sobre entrelaçados aqui)

~~~~~~~~~~~~~~

[1] Dada a nossa falta de tempo, um investimento não prioritário, etc... Quando por exemplo, o compaginar de algumas imagens de Leonardo Da Vinci, com desenhos de pavimentos da Antiguidade Tardia (Conímbriga e outros a que tenhamos acesso), se apresenta como bastante mais interessante. 


mais sobre mim
Outubro 2022
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

18
19
20
21

23
24
25
27
28
29

30
31


arquivos
pesquisar neste blog
 
tags

todas as tags

blogs SAPO