Inspirado na Nova História (de Jacques Le Goff) “Prima Luce” pretende esclarecer a arquitectura antiga, tradicional e temas afins - desenho, design, património: Síntese pluritemática a incluir o quotidiano, o que foi uma Iconoteologia
01
Ago 15
publicado por primaluce, às 00:00link do post | comentar

... mais a história e as vicissitudes permanentes - i. e., a demonstração da imensa instabilidade - de uma instituição que, felizmente, e com a maior independência, alguém de fora nos vem lembrar.

 

De facto há Ensaios e análises que se justificam plenamente; depois, neste e-book há muito material para Historiadores de Arte. Porém, para além destas vantagens o estudo de Richard Perassi consegue ser ainda, e também, sobre «barcas à deriva» (que aliás conhecemos bem demais):

Não, não é a Arca de Noé, mas pode parecer! Percebendo-se que, tal e qual como no tempo de Noah, "a fresh start is becessary". 

Mas será que veremos depois (?), pergunta-se, "...a rainbow as a sign..."?

Quem dera! Porque tanto desvio e tanta tropelia a que estamos a assistir (com base na marca e manias de  marketeers) - muito similar e comparável ao que é contado no Livro do Génesis sobre "a city named Babel, and a tower...", todos estes desvarios somados mostram/são a prova como tudo não passa de uma imensa Glossalia! Quase bíblica...

Não no seu sentido estrito, mas na enormidade resultante de Jogos de Palavras, diletantes, retóricos, e basto infantis...

Jogos feitos, frequentemente a partir do inglês (é para português ver e ficar «baralhado»...?); frases feitas e novidades que nos tratam a todos como se algo muitíssimo original, ou o nunca visto, estivesse a nascer?!*

Enfim, preferimos o francês, pois estamos fartinhos de um ambiente trop déjà vu, mas que julga que vai deixar todo o mundo bouche bée.

Que «haja muita pachorra»! Ou é de uma imensa santidade que se precisa (para aturar loucos)? 

Claro que trataremos dos temas que R.P. nos oferece, já que são tantos, como tanta - imensa - é a fecundidade do que produziu, e por isso quero:

Parabenizar você! Obrigada por estar em Portugal a «reensinar»; e  a evidenciar o que para alguns, de tanto estudarem e reflectirem, um dia se tornaram em evidências!

O que os descuidados e desatentos, deixam andar - não pensando (nem muito nem pouco), o que faz mal... E depois queixam-se do estado a que o país chegou!

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

* Em que o "learning by doing" nos consegue deixar, para sempre e eternamente, embevecidos! Oh quanta criatividade! Oh quão original?! Mas será que "o Carmo e a Trindade" já ouviram isto? E ainda não caíram? Mas estarão à espera de algo melhor, ou é de cada vez pior?


mais sobre mim
Agosto 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
13
14

16
17
18
20
22

23
24
25
26
28
29

30
31


arquivos
pesquisar neste blog
 
tags

todas as tags

blogs SAPO