Inspirado na Nova História (de Jacques Le Goff) “Prima Luce” pretende esclarecer a arquitectura antiga, tradicional e temas afins - desenho, design, património: Síntese pluritemática a incluir o quotidiano, o que foi uma Iconoteologia
20
Dez 14
publicado por primaluce, às 12:00link do post | comentar

Já que estamos «numa» de verbos, haveremos de chegar ao "Procrastinar".

 

Antes porém de tal acontecer (de se analisar uma palavra feiosa, que encontrámos a propósito da nossa «auto-formação em Tutorias»*); antes repare-se como algumas figura públicas - há poucos minutos numa das televisões Maria José Morgado, depois José Gameiro... - tentam dar conforto e pistas, ou um contributo positivo (o seu, o que tem a ver com as respectivas situações de vida e profissionais) aos portugueses, para os tempos que estamos a viver.

Reparem que não escrevemos no tempo - o que seria lido como a Quadra Natalícia, mas nos tempos...:

Tempos que assim, no plural, comparamos com outros que foram marcantes na história e nas nossas vidas.

Tempos que podemos continuar a relacionar com esta quadra - que costuma ser a de um tempo de esperança e de renovação - mas que, designados no plural, como fazemos, quer referir-se à desejada renovação que a Política, a Economia, a Educação, a Ciência, mas sobretudo a Justiça têm que dar (leia-se proporcionar e garantir) à Sociedade em que vivemos.   

Olhando para trás, o 25 de Abril, há 40 anos foi como um Renascimento: um recomeçar da esperança para um país melhor. Agora, vê-se que houve inúmeros desvarios, sem sabermos dizer se a situação dos bancos, ou a de um antigo governante posto na prisão, qual desses casos é o melhor paradigma, capaz de exemplificar ou de simbolizar (num único caso) a situação de podridão a que o país chegou? Podridão, erros, tontarias, insustentabilidade, destruição, que o texto da imagem abaixo tão bem exprime (e dos quais o actual Governo se finge «muito alheado»...).

Sol-19.12.2014 001.jpg

(clic para legenda)

É verdade, não sabemos...

Pois desde 2002, e das nossas descobertas muito relevantes (que sucessivamente ampliámos), de há 12 anos até hoje, passámos a poder ter a certeza das imensas omissões e das enormes injustiças que se podem manter caladas e tornadas inexistentes pelos mais variados poderes.   

Assim, bem podem vir a público os mais generosos, e os mais positivos dos contributos, no entanto, e apesar deles - nós sabemos disso bem demais! -, haverá ainda imensa sujidade para limpar:

A que se mantém oculta e que é preciso, também trazer à luz, também fazer chegar aos Tribunais e à Justiça.

Talvez meio país não possa ir para a Prisão, porque não há capacidade?! Mas podem ser inúmeros, muitos mais do que aqueles que já vêm nos Jornais (?), os Crimes que não devem ficar impunes!  

E por nós, está prometido há muito aos directamente interessados - com os seus CDs corrompidos e repletos de GAPS - que não alinhamos na continuidade das suas mentiras!

Tudo faremos para continuar a desmascarar a mentira que nos rodeia: a que vem a querer destruir-nos, e que, é óbvio, também prejudica - pela falta de qualidade no ensino que recebem - muitos estudantes!

 ~~~~~~~~~~~~~~~~

*Algo que, dada a nossa situação, e as descobertas que fizemos, é completamente despropositado. Não sendo possível encontrar outra palavra para a situação que nos estão a obrigar a viver!


mais sobre mim
Dezembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12

14
15

26

28
29
30


arquivos
pesquisar neste blog
 
tags

todas as tags

blogs SAPO