Inspirado na Nova História (de Jacques Le Goff) “Prima Luce” pretende esclarecer a arquitectura antiga, tradicional e temas afins - desenho, design, património: Síntese pluritemática a incluir o quotidiano, o que foi uma Iconoteologia
11
Out 16
publicado por primaluce, às 13:00link do post | comentar

..., repleto de lições. As que outros urbanistas - e nesta matéria eles são muitíssimo mais competentes do que nós - deveriam estar agora a dar. 

 

Porém, e sendo nós contemporâneos dos grandes Mestres - que em geral não tinham títulos académicos, mas sabiam muito mais do que os doutorados de hoje; assim sendo, e porque nestes assuntos continuamos a aprender, aqui ficam ideias de quem (felizmente) ainda nos ensina.

Lamentando o costume habitual (muito saloio) dos políticos e dos «grandes decisores», dum país que (apesar de muito vendido ainda) se chama Portugal:

No vício que esses têm de contrariar o que se vai ensinando e pretendendo divulgar. Ou, disseminar ao máximo, como quem conseguisse pulverizar sabedoria, a partir dos melhores centros de estudos, com base no que se estudou e investigou.

Lamentando-se aqui que as grandes empresas não sejam elas os modelos e os verdadeiros exemplos da qualidade e da sustentabilidade, em vez de irem a reboque dos decisores incultos (que lá têm, e que por lá mandam...):

Que, ao contrário do que seria desejável ponham o Zé Povinho - todo - como verdadeiro basbaque, tudo, tudo, agora vão todos para cima da ponte!

A qual ali não devia estar*, pois essa sim, teria sido a prioridade máxima que a Arquitectura, se o fosse a sério, já devia ter resolvido!**

Zé Povinho que por si só não aprende - pois..., não chegam lá. Por sua iniciativa, própria, ou que fosse graça e inspiração do Espírito Santo...?). People que para não perderem pitada das «inovações», lá vão eles todos felizes, pois o dia é feriado e de festa, viver uma nova e grande emoção:

"É que a malta tem de ficar bouche bée avec le nouveau gadget".

a.bourdin-capa.jpg

a.bourdin-contracapa.jpg

 E do que escrevemos, recomenda-se, urgente, a leitura do livro acima.

~~~~~~~~~~~~

*Ponte metálica sobre a Estação da CP em Belém, obra que foi em tempos um recurso, provisório, para suprimir passagens de nível que eram incrivelmente mortíferas.

**A Arquitectura - um Saber e uma disciplina - que, mais do que fazer «bonitinhos» (isso vem por acréscimo...) deveria procurar, antecipadamente, ver onde existem os problemas e tentar resolvê-los. Em vez de, narcisisticamente, se elevar ao mais alto podium de todas as prioridades!

Arquitectura, e até a Urbanologia - que aprendemos numa das instituições de ensino superior que frequentámos, e na qual prestámos provas, tendo passado nos exames e provas públicas, sem cunhas nem padrinhos! E que, face à ignorância vigente ainda não abdicámos de ensinar. Porque, a dita ignorância - a regressão intelectual e cultural dos que nos rodeiam (a pretexto de «Bolonha e outras desculpas»), ou os enormes desconhecimentos daqueles de quem fomos profs., e vitoriosamente se conseguiram doutorar; a ambição desmedida de todos esses ignorantes, não pensem que nos consegue envergonhar!

Pelo contrário. Toda essa sua falta de fundamentações científicas consegue elevar-nos. Sobretudo porque não fomos nós (enquanto profs. e sabe-se lá o que fez a secretaria da escola, em matéria de equiparações a Licenciaturas?) que lhes concedemos habilitações para as quais não tinha preparação. Alunos a quem se foi permitindo um ensino demasiado prático, e desacompanhado dos mais que necessários enquadramentos científicos.

Aqui fica pois, sobretudo dirigido aos grandes basbaques que pouco ou nada sabem, mas querem ficar na foto como fazedores de «grandes» obras (que passam, como tudo passa), as quais se deseja que não apodreçam, nem virem suporte, já amanhã, dos urban & street artists;

Ainda como se eles - os ditos basbaques em pose fotográfica - fossem o Imperador ou os Reis, representados e inseridos nas Edículas Apologéticas da arquitectura antiga.

Porque quem sabe, sabe, e o AJ que nos deu tantas lições de Arquitectura (desde 1975) vem dizer o mesmo...

Guardar


mais sobre mim
Outubro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
15

16
18

25
27

30


arquivos
pesquisar neste blog
 
tags

todas as tags

blogs SAPO