Inspirado na Nova História (de Jacques Le Goff) “Prima Luce” pretende esclarecer a arquitectura antiga, tradicional e temas afins - desenho, design, património: Síntese pluritemática a incluir o quotidiano, o que foi uma Iconoteologia
18
Mar 13
publicado por primaluce, às 18:00link do post | comentar

É a questão da «Quantidade de Informação» vista como deve ser e não arbitrariamente: sem que antes os detalhes tivessem sequer sido analisados e qualificados.

 

Repararam na imagem do post anterior*? Vêem que os dois círculos ligados, como todos os outros que temos assinalado foram unidos assim para que, muito enfaticamente se percebesse a sua ligação. E terá sido com esse objectivo que os círculos foram entrelaçados.

Ao longe não se vê? Pois agora que o estamos a assinalar e a chamar a atenção para o facto, talvez valha a pena pegarem numa lupa e irem mais longe: que é como quem diz aproximarem-se.

Fazerem como fazem os estudiosos da ornamentação, ou os linguistas, e contem (1, 2, 3) - pois aqui sim, é a questão da Quantidade de Informação, mas de um modo (lógico) que alguns não esperariam?

E contem, repetimos, quantos são os entrelaçamentos que estão na imagem: pois a sua maior força, ou a ênfase da afirmação, terá talvez dependido desse número/valor?

No IADE houve uma querida colega, que desde cedo nos chamou a atenção para estas repetições, e como elas também existem na Arte Contemporânea, por exemplo no caso na obra de Andy Wahrol (1928-87)

http://iconoteologia.blogs.sapo.pt/

* Proveniente da Verbo Enciclopédia Luso-Brasileira, vol. 9, c. 1772. Lisboa 1969.


mais sobre mim
Março 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
14
15

17
19
22

24
25
27
28
30



arquivos
pesquisar neste blog
 
tags

todas as tags

blogs SAPO