Inspirado na Nova História (de Jacques Le Goff) “Prima Luce” pretende esclarecer a arquitectura antiga, tradicional e temas afins - desenho, design, património: Síntese pluritemática a incluir o quotidiano, o que foi uma Iconoteologia
17
Out 12
publicado por primaluce, às 00:00link do post | comentar

...de que vários autores fazem uso, interessantíssimo, e do qual podemos receber inúmeras informações (óptimas); dessa Arte, que é também atribuída a Hugo de S. Victor, note-se que, porém, quase no fim desse processo - que é dito Mnemotécnico e aplicado à Arquitectura - aí nós distanciamo-nos.

Porque os vários autores não têm percebido o importante papel da Geometria, assim como o modo em que a Arquitectura - desde tempos imemoriais - forneceu vocábulos à linguagem corrente; em suma como foi uma fonte filológica (o que já foi referido neste blog).   

A generalidade dos estudiosos nesta área não compreende que a Geometria constituiu uma língua, ela que está nas formas arquitectónicas, que hoje muitos supõem seriam, só mnemotécnicas.  

O assunto é extremamente complexo, fazendo com que muitos dos que nos rodeiam (ver post anterior) tirem partido dessa mesma complexidade, e imensa transversalidade, que não entendem, atribuindo-nos os maiores dislates e faltas de senso...

Sabemos/julgamos - tanto quanto é possível julgar em causa própria - que não é assim, sendo, segura e exactamente, ao contrário!

Para quem se quiser informar, chegando depois a perceber a entrada (ou a chegar ao limiar de...) na Cultura Visual contemporânea, para esses ficam links e informações que podem começar a explorar: a aprender em áreas cuja temática, entre nós, praticamente ninguém tem tratado e divulgado. Em França por exemplo foi ampliada por Daniel Arasse em programas televisivos.

Como humilde introdução - para a questão da Cultura Visual (e não para A Arte da Memória de que F. Yates escreveu...) existe o nosso Monserrate... que pode ajudar: pois inclui o registo de como há dez anos entrámos nestas matérias, ao fazer Diagramas relativos a ideias que não conseguíamos compreender.

Dez anos é o tempo que levamos de avanço, mas também de cansaço em relação ao ambiente medíocre e muito bera, que nos rodeia.

Felizmente há honrosas excepções**, mas apenas as pessoas boas e correctas, e não as instituições de Ensino Superior, onde essa mesma mediocridade em geral é pululante.

(clic para ampliação)

Sabemos aliás que, neste estado o país precisa prioritariamente de Ensino, Justiça e Tribunais que funcionem, do que de impostos (e o seu valor mal-baratado).

 Impostos assim tapam lacunas e pagam dívidas, mas não têm a capacidade de dar Educação, Formação e Conhecimentos - elevar o nível (e isto é Organização e a Economia) - de que o país mais carece!

http://en.wikipedia.org/wiki/Art_of_memoryhttp://en.wikipedia.org/wiki/Method_of_loci; http://fr.wikipedia.org/wiki/Daniel_Arasse

http://iconoteologia.blogs.sapo.pt/

~~~~~~~~~~~~~~~~~~

*Existe na Biblioteca do IADE - Frances A. Yates, The Art of Memory, Penguin Books, Harmondsworth, 1978.  

**A quem é impossível não estar gratíssima!


mais sobre mim
Outubro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10

14
16
18
20

21
23
25
26

28
29
30


arquivos
pesquisar neste blog
 
tags

todas as tags

blogs SAPO